Áudio de secretário revela indícios de esquema na saúde de Barra de São Francisco

SiteBarra 360

Um novo áudio vazado esta semana revela indícios de que há um esquema de exames no Pavilhão da Secretaria Municipal de Saúde de Barra de São Francisco.

A voz é do atual secretário municipal de Saúde, Zulagar Dias Ferreira, onde ele revela que, a pedido do prefeito Alencar Marim, teve que atender três vereadores em troca de apoio.

O bacharel em Direito Pedrinho Godoy obteve o áudio e fez uma denúncia no Ministério Público Estadual, que deve apurar as supostas irregularidades. Veja abaixo a denúncia completa

Denuncia saúde Barra de São Francisco Pedinho Godoy MP

Acho inadmissível o município ficar com trocadilho político em troca de votos na câmara municipal enquanto a fila dos exames não anda. Quem fica pra trás é a população. O MP vai apurar se houve irregularidade ou não, fiz meu papel de ciadão que é fiscalizar e denunciar“, disse Pedrinho ao SiteBarra.

Na denúncia, Pedrinho Godoy anexou uma planilha em que aparece o nome de quatro vereadores que estariam sendo beneficiados pelo prefeito no suposto esquema: Rafael da Saúde, Lemão, Teco e Emerson Lima.

De acordo com o áudio, Zulagar, mesmo não concordando com a posição do prefeito, teve que ceder e liberar marcação de exames para os Vereadores, pois essas, estariam negociando com o prefeito.

Zulagar conversa com uma funcionária da saúde e revela que está indignado com a ordem do prefeito Alencar Marim.

“Ok Ana, eu também to indignado com isso, mas isso é uma ordem do prefeito, então o prefeito fez um acordo com eles, precisa desses 3 (três) vereadores, entendeu?”

Zulagar diz que o prefeito precisa dos vereadores, por isso cedeu.

“Precisa deles lá, o Alencar me pediu isso e disse que eu preciso fazer isso pra ajudar a ele, é… se não ele não vai conseguir fazer o que ele tem que fazer, pra aprovar os projetos pra esse ano, então eles estão fazendo pressão em cima dele, e ele “tá” fazendo pressão em cima de mim, então é o seguinte, ou eu saio do jogo, ou eu fico e atendo os vereadores, então eu cheguei a esse entendimento, mas aí tem outras coisas boas que eu posso fazer que eu já estou fazendo e isso aí é um entrave, isso é um pé, né?”

Mas acontece o seguinte, se eu quiser continuar eu vou ter que fazer isso, então hora que acabar o dinheiro, acabou o dinheiro, aí você me dá um relatório de que não tem mais dinheiro realmente, aí não vai fazer mais nada, entendeu? Então eu cheguei a essa conclusão, vamos fazer, pediu quanto? Deu 5 (cinco) mil, deu 10 (dez)mil, vamos fazer, acabou o dinheiro? Acabou o dinheiro, pronto, entendeu? E aí oh, não tem dinheiro, aí eles vão ficar depois no pé do Alencar pra depositar, pra gente ta continuando com os exames deles, os pedidos deles, beleza? Deu pra você entender querida? É assim que vai ser, tá bom? Então tá, tchau”

Veja muito mais no Site.Barra 360

Fonte: SiteBarra