Gustavo Lacerda em evidência na disputa pela prefeitura de Barra de São Francisco

Gustavo Lacerda, Diretor do Hospital de Barra de São Francisco

Faltando pouco mais de um ano para a eleição 2020, o tabuleiro político em Barra de São Francisco está longe de se definir. A maioria dos líderes de partidos não conseguiu ainda novos filiados e muito menos pré-candidatos a vereador.

Entre os dois maiores grupos do município, Pereiras e Dos Anjos, apenas o segundo está estruturado, já que o primeiro vem de duas derrotas consecutivas e tem dificuldade para se reerguer.

Com esse cenário, Gustavo Lacerda(PRB), atual Diretor do Hospital de Barra de São Francisco, ganha espaço e tem sua candidatura a prefeito da cidade reforçada.

Com ampla experiência administrativa, Gustavo tem apoio de várias lideranças políticas do Estado e de vários segmentos da sociedade francisquense.

Fritura

Resultado de imagem para sitebarra lucianoAinda liderado pelo ex-prefeito Luciano Pereira (Avante), o grupo dos Pereiras deve lançar candidato a prefeito, mas até o momento os próprios correligionários não têm ideia de quem será. Pessoas ligadas ao grupo acreditam que será lançado um “nome qualquer”, apenas para dar suporte aos candidatos a vereadores, como fizeram com Juraci contra Waldeles em 2008.

Resta agora saber quem será “fritado” pelo grupo.

Reeleição?

Resultado de imagem para sitebarra alencar denilson
Vice-prefeito Denilson e prefeito Alencar Marim

Nem mesmo o atual prefeito, Alencar Marim (PT), conseguiu definir se é mesmo candidato a reeleição.

Com a popularidade em baixa, Alencar tem dificuldade em conseguir apoio até mesmo dos que nomeou em cargos na sua administração. Nem mesmo entre os secretários o nome de Marim é unanimidade.

Ninho de cobras

Quando assumiu o mandato, Alencar anunciou que trabalharia com secretários técnicos, mas o que se viu foram as vagas sendo ocupadas por políticos se segundo escalão, com muitos deles visando apenas uma candidatura a vereador na próxima eleição.

Alguns até ensaiam falar em candidatura a prefeito – debaixo do nariz do prefeito – mas como em eleições anteriores, levam o nome até certa altura do pleito para negociarem uma secretaria no futuro governo.

Como dizem nos bastidores, criou cobra e agora corre o risco de mordido por elas.

Firmino

Já o policial militar Marcelo Firmino, apesar de ser considerado por muitos como candidato a prefeito, ainda não pode definir como certa sua candidatura. Firmino mantém uma proximidade com Alencar, e, segundo informações, tem um acordo com o atual prefeito, se um for candidato, o outro não será. Uma das propostas seria Firmino vice numa tentativa de reeleição de Alencar.

Jogando nos dois times

Marcelo Firmino e Edinho Pereira

Mesmo com essa proximidade com o prefeito, Firmino já foi visto em conversas reservadas com o grupo dos Pereiras, segundo maior adversário de Alencar (o primeiro é o próprio Alencar).

A união para uma disputa pela prefeitura é boa para o grupo de Edinho e Luciano, porém, contraria o que Firmino pregou na eleição anterior, se ser independente dos dois grupos.

Em uma possível candidatura, Firmino teria propostas de partidos para indicar seu vice.

Força e união

Resultado de imagem para sitebarra juvenalOutro que tem feito movimentações em toda cidade é o presidente da câmara Juvenal Calixto Filho, que desde que assumiu se colocou como pré-candidato a prefeito.

De acordo com fontes, Juvenal tem conversado com o deputado Enivaldo dos Anjos em busca de apoio. Há quem diga também que Juvenal pode ser um forte aliado e apoiar a candidatura de Gustavo Lacerda na reta final.

Dois nomes

Mesmo com tantos possíveis candidatos, a eleição 2020 em Barra de São Francisco deve ser mais uma vez polarizada.

Na reta final, muitos dos nomes que hoje são ventilados acabam se unindo. Mesmo que a eleição municipal tenha três, ou quem sabe quatro candidatos a prefeito, a tendência é que a disputa mais acirrada fique entre apenas dois nomes. Com o decorrer do tempo e novas articulações surgindo, em breve esses nomes devem ganhar mais evidência.

Vereadores

Se a disputa para prefeito tem todo esse embaraço, a de vereador é ainda mais complicada.

A eleição 2020 terá alguns fatores novos e o que está causando mais preocupação entre os pré-candidatos é o fim das coligações. Com isso, cada partido torna-se independente para lançar seus candidatos e isso está dificultando a vida de muitos presidentes de partidos.

Partidos que já têm filiado vereador com mandato enfrentam dificuldades para filiar novos candidatos. Isto porque, na teoria, os menores só estariam lá para ajudar os grandes. Mas apesar de parecer assustador, não é bem assim, basta entender um pouco mais a matemática da coisa.

De qualquer maneira, tem presidente de partido que ainda não sabe o que fazer. Nesse quesito, ponto novamente para o grupo onde está Gustavo Lacerda. Ele assumiu recentemente a presidência do PRB de Barra de São Francisco e já organizou o partido. Outra vantagem é que conta com o apoio de outros partidos grandes da cidade, o que facilitaria para acomodar mais candidatos a vereadores que aderirem a sua candidatura.

Fonte: SiteBarra