Operação da Polícia Federal prende irmão da senadora capixaba Rose de Freitas

Operação Corsários, deflagrada hoje pela Polícia Federal, prendeu Edward Dicknson de Freitas, irmão da senadora Rose de Freitas, do MDB do Espírito Santo, que também é alvo das investigações. As informações são do site O Antagonista.

Agentes da PF apreenderam documentos e computadores em uma casa da parlamentar em Vitória. A operação precisou ser autorizada pelo STF, em razão do foro privilegiado de Rose.

A senadora, que ainda não se pronunciou sobre a operação, é investigada por suposto envolvimento em fraudes de pelo menos R$ 9 milhões em licitações na Companhia de Docas do Espírito Santo (Codesa) entre 2015 e 2018.

A Codesa é uma estatal federal que administra o Porto de Vitória. O irmão da senadora preso temporariamente na manhã de hoje atuava da Codesa.

Segundo a PF, houve pagamento de propinas a funcionários da estatal. O grupo teria lavado dinheiro por meio de escritório de advocacia e compra de imóveis de luxo.

São investigados crimes de concussão, corrupção passiva, corrupção ativa, organização criminosa, fraude a licitações e lavagem de dinheiro.

Ao todo, 44 policiais federais cumpriram dois mandados de prisão temporária e 10 mandados de busca e apreensão em Brasília e em Vitória, Cariacica e Serra. Um dos investigados foi preso em flagrante pelo crime de porte ilegal de armas.