Padrasto é preso em Barra de São Francisco acusado de abuso sexual contra três crianças

Um homem foi preso pela Polícia Civil de Barra de São Francisco, acusado de abusar sexualmente de três crianças. De acordo com a polícia, as crianças têm 5, 6 e 9 anos e o acusado era padrasto delas.

Uma das crianças, não suportando mais os abusos, contou para a mãe. As crianças eram ameaçadas por M.E.S., que tem 22 anos. Ele foi preso e encaminhado para o presídio de Xuri, em Vila Velha. O nome do homem não foi divulgado para preservar a imagens das crianças.

Investigação

O Conselho Tutelar, ao saber da situação, levou ao conhecimento da polícia, que iniciou as investigações e comprovou o crime. “Apesar do pouco efetivo, a polícia civil vem trabalhando muito para dar respostas rápidas à sociedade“, disse o delegado de polícia Juliano Batista.

O delegado falou também do compromisso do Estado em punir a violência, principalmente sexual, contra crianças e adolescentes. “A Constituição Federal assegura esse direito com prioridade para crianças e adolescentes, impondo à família, à sociedade e ao Estado o dever de colocá-los a salvo devendo se punir severamente o abuso, a violência e a exploração sexual“, destacou.

Outro ponto destacado pelo delegado é que familiares devem ficar atentos, pois não é apenas padrastos que abusam de crianças. Há casos em que pais, tios, amigos, vizinhos, se aproveitam da proximidade com familiares para abusar das crianças.