Sem previsão de reinício das obras, rodoviária de Barra de São Francisco continua só no papel

1 de junho de 2017 às 13:25  Uma das obras mais esperadas pelos moradores de Barra de São Francisco continua no papel.

Sem previsão para reinício das obras, a rodoviária da não tem também data prevista para ser concluída.

SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+Rodovi+íria-10Iniciada no mandato do prefeito Luciano Pereira (DEM), a obra foi paralisada. Desde que assumiu a prefeitura da cidade, Alencar Marim (PT) ainda não definiu o que fará.

Alencar Marim chegou a criticar a construção da rodoviária e disse que a obra era de um galpão de entrada e saída de ônibus, mas não disse o que fará para que a cidade tenha uma rodoviária.

Quando era prefeito, Luciano Periera chegou a anunciar que já tinha dinheiro em caixa para construção de uma Estação Rodoviária para a cidade. “A construção será com recursos próprios, após economizarmos, pois estamos administrando com transparência e o dinheiro já está reservado para este fim”, disse Luciano Pereira na época.

No projeto apresentado, a nova  Rodoviária contempla um amplo espaço de circulação, estacionamento para usuários, redistribuição de postos de embarque e desembarque, e atenção especial às leis de acessibilidade e código de segurança contra incêndio e pânico.

Além de instalação de postos para a polícia militar e do corpo de bombeiro, a nova rodoviária iria ganhar também uma praça de alimentação e lojas que seriam locadas para ajudar nas despesas com o funcionamento da estação.

Inaugurada no dia 15 de novembro de 1967, Estação Rodoviária Carlos Chieppe, em Barra de São Francisco, é hoje a única no Estado que não cobra taxa de embarque, por ser de propriedade particular.